Suplementação funciona?

Suplementação funciona

A suplementação alimentar bem feita vai ajudar a obter melhores resultados!

Se aprendi alguma coisa sobre o fisiculturismo ao longo dos meus 35 anos de contato no meio, é que não existe um grupo de atletas mais dedicado e disciplinado entre todos os esportes. Isto é, os fisiculturistas não estão preocupados com pesquisas laboratoriais, como estudos descrevendo o que aconteceu com um bando de ratos após terem exercitado ou recebido uma substância X. Ao invés, os fisiculturistas são extraordinariamente orientados por retro-alimentação; através dos resultados. Auxilie-os a crescer, mostre-lhes o que funciona e você conseguirá sua atenção. Se esse caso lhe é familiar continue lendo.

Como você deve saber, a indústria de suplementos cresceu assustadoramente nas últimas décadas e os laboratórios travam uma verdadeira guerra na mídia expondo seus produtos. No meio dessa batalha estão AS PESSOAS comuns à busca dos tão sonhados RESULTADOS. Por anos a fio o foco das pesquisas das companhias de suplementos nutricionais e agentes do governo recai sobre uma aspecto: se um MALHADOR médio usando os suplementos em questão, este ou esta obterá ou não maiores resultados do que aqueles que não usam? Puro e simples. Sem ratos. Sem grandes controvérsias. Apenas um sim ou não será suficiente.

Há anos atrás entrou em cena o Dr. Mike Stone, professor de ciência do exercício da University of Appalachian States, na cidade de Boone na Carolina do Norte. Dr. Stone, talvez um dos cientistas mais respeitados de todo os Estados Unidos em treinamento contra resistência, juntamente com seus colegas atacou a questão da suplementação com um estudo bem controlado e compreensível usando malhadores, suplementos e treinamento controlado. E o que obtiveram foi de suma importância, RESULTADOS REAIS. Aqui está o que o grupo do Dr. Stone fez e o que encontrou.

Suplementação funciona tabela resultados teste eder lima
(clique na imagem para ampliar)

Estudo da Suplementação

No estudo da Appalachian State University (cujos resultados foram apresentados na conferência da National Stength and Conditioning Association) 20 homens (com média de idade de 22 anos) com pelo menos 6 meses de experiência em treinamento intenso em musculação foram divididos aleatoriamente em dois grupos de 10. Um grupo recebeu um suplemento de carboidratos, Whey Protein, BCAA’s e Glutamina, para uso diário como recomendado.

Os outros 10 indivíduos receberam suplementos de aparência idêntica ao do grupo que recebeu suplementos (S), exceto que seus suplementos eram placebos (P), tabletes e pó contendo nenhum valor fisiológico. É claro que nenhum indivíduo sabia qual suplemento havia recebido.

Todos os indivíduos seguiram o mesmo regime estrito de treinamento por seis semanas (Tabela 1). Testes foram feitos antes e depois do período de seis semanas, incluindo variáveis como massa magra, agachamento máximo, supino máximo, impulsão vertical e nível dos hormônios circulantes. Segue-se o que a equipe da ASU encontrou quando a suplementação e testagem tinham terminado (Tabela 2).

Banner Oficial Farma

Banner Oficial Farma

Massa Magra

Este termo é normalmente utilizado para descrever a massa muscular, particularmente em estudos em musculação. Claro, esta variável é de interesse primário para qualquer fisiculturista, e preocupa até mesmo à basistas e levantadores olímpicos já que o volume muscular e a força ou potência estão diretamente relacionadas (conforme o volume muscular aumenta, geralmente a força ou potência aumentam também). Por esta razão, a análise da massa magra não atrai atenção somente em estudos de musculação com suplementação, mas alterações positivas nessa variável são geralmente observadas como evidências de que o tratamento funcionou.

Especificamente, os indivíduos do grupo S exibiram um aumento de 71 Kg para 72,7 Kg, o qual foi estatisticamente significativo, já é altamente improvável que tal aumento fosse devivo à sorte ou uma variação normal. O grupo P não mostrou tal aumento. Na verdade, a massa magra deste grupo se manteve em valores iguais em ambos períodos de testagem (71.2Kg).

Performance Máxima

Os valores do agachamento máximo, supino máximo e impulsão vertical descrevem a habilidade do levantador em produzir força em certos movimentos multi-articulares. Não é apenas a mensuração da força que importa quando determinamos aos aumentos na função muscular, mas estes levantamentos são ótimos em mensurar a força onde esta conta, nos grandes grupos musculares.

Os indivíduos tanto do grupo S quanto do grupo P aumentaram suas performances nos agachamentos máximos, supinos máximos e impulsão vertical até a sexta semana (o agachamento aumentou significativamente em ambos os grupos). Contudo, apenas o grupo S teve um aumento significativo nas medidas de supino máximo e impulsão vertical.

Níveis Hormonais

A testosterona, o principal hormônio anabólico, aumenta a síntese proteica e reduz o fracionamento proteico no tecido muscular. Em contrapartida, o cortisol, conhecido como o hormônio do stress, é responsável pela atividade catabólica no músculo. É claro que quanto maior a proporção de testosterona sobre o cortisol (referida como estado anabólico orgânico), mais apto estará alguém à aumentar sua massa muscular.

Neste estudo, tanto os indivíduos do grupo S quanto do grupo P, aumentaram suas proporções de testosterona sobre o cortisol, o que os colocou numa posição favorável para o crescimento muscular. Contudo, o aumento do grupo S (1,50 pontos) foi mais marcante do que a elevação do grupo P (0,34 pontos), contudo nenhum dos aumentos foi estatisticamente significativo.

Resumo

Todos estes resultados positivos significam que devamos sair e comprar todo e qualquer suplemento propostamente anabólico do mercado? CLARO QUE NÃO! Suplementar não significa substituir uma boa dieta.

Infelizmente o que tenho observado é uma grande maioria de pessoas que gastam uma fortuna em suplementos antes de sequer cogitar a consulta com um bom nutricionista eportivo e acabam por sobrecarregar o organismo e colhendo apenas resultados absurdamente desastrosos para sua própria saúde. Inteligência é para ser usada e faz bem para a saúde! Use-a!

Bons treinos e até a próxima!

GIF 300x250 - Suplementos

ATENÇÃO: Este artigo serve apenas para fins informativos e não se destina a fornecer assistência médica. Este artigo possui autorização expressa do autor.

Sobre o autor

Eder Lima

Preparador Físico Particular e Consultor Técnico de Atletas de Alto Rendimento em Diversas Modalidades Esportivas; Consultor para montagem, organização e normatização técnico administrativa para academias; Consultor em Coaching Corporativo; Ex-docente em cursos de graduação, extensão e pós-graduação nas cadeiras de: Biomecânica, Cinesiologia, Musculação e Neurofisiologia. Pós-graduado em PREPARAÇÃO FÍSICA e MUSCULAÇÃO, UGF. 1994 portador do CREF. G/MG 01232.

Comentários publicados (2)

  1. Oi amigo. Você acredita que a suplementação voltada para emagrecimento funciona?

    abraços e parabéns pelo artigo!

    Responder

Comentários:

lipo 6 black banner suplementos mais baratos