O verdadeiro significado da palavra “DIETA”

dieta

L-Carn - IntegralMedica

Dieta para quem treina não significa sobreviver apenas de batata doce e frango!

Ô palavrinha que arrepia tanta gente, não é? Mas coitadinha, ela é apenas mal compreendida! Não sei porque e nem por quem associaram seu “nome” a “passar fome”! Opa… na verdade sei sim, foram sedentários que passaram anos acumulando gordura e mais gordura até que um dia se olharam no espelho e resolveram que não queriam mais estar daquela forma. E o que fizeram? Renderam-se ao imediatismo de inúmeras “dietas da moda”, tais como a de Beverly Hills, da Sopa, da Lua e do “RAIO QUE O PARTA”! E TREINAR QUE É BOM MESMO NADA! Afinal, ainda por cima são preguiçosos! Pior ainda é ter que ouvir de “algumas madames”, ahh depois eu faço uma LIPO! É melhor então expor o organismo ao terrível “EFEITO SANFONA” (claro, porque fácil vai, fácil vem) trazendo sérios riscos à saúde. Tenha a SANTA PACIÊNCIA!

Caríssimo(a)s DIETA PARA QUEM TREINA não significa e nunca significou tal coisa e MUITO MENOS VIVER APENAS DE BATATA DOCE E PEITO DE FRANGO! DIETA quer dizer, manter uma alimentação equilibrada em calorias, macronutrientes (carboidratos, proteínas e gorduras) distribuídos percentualmente de acordo com a estratégia e objetivo do treinamento (ganho de massa ou redução de gordura), rica em micronutrientes (vitaminas e minerais) e nos horários corretos. E se você acha qualquer um pode organizar decentemente sua dieta, sinto informar que você vai quebrar a cara! PRECISAMOS SEMPRE DE UM ÓTIMO NUTRICIONISTA ESPORTIVO PARA TAL! Jamais se esqueçam que qualquer atleta, marombeiro ou prof. de Ed. Física que não seja graduado e especializado em nutrição esportiva que prescrever dieta além de extremamente ANTIÉTICO, INCORRE AINDA EM CRIME DE EXERCÍCIO ILEGAL DE PROFISSÃO e você que contrata tal serviço está sendo CÚMPLICE DESSE CRIME! Não existiria “corruptos” se não houvessem “corruptores”!

Caso, não mantenha uma alimentação fracionada comendo no máximo de 3 em 3 horas, você se expõe à ação de um hormônio, a GRELINA (conhecida como o “hormônio da fome”), que estimula o apetite. Nesse momento quando você parar para comer o que irá acontecer? Vai comer “para matar a fome”, não é? Pronto, agora danou-se tudo! Existe uma defasagem de tempo entre ESTAR E SENTIR-SE SACIADO e nesse meio você comeu em demasia! Para onde irão essas calorias excedentes? PARA SUA CINTURA, COXAS, BUNDA, ETC! Era tudo que você sempre quis, não é mesmo?

Querido(a)s, não existe “fórmula mágica”, a única receita que funciona é: “Pegue seu corpo e coloque em movimento (musculação + aeróbio), junte a isso uma boa DIETA (como foi explicado, ok?), vá adicionando generosamente doses paciência, determinação e foco em seus objetivos e pronto”. Anotaram aí?

Resumo da ópera: Mantenham sempre seu nutricionista por perto! Bons treinos e até a próxima!

300x250_zanox_Oferta da Semana

ATENÇÃO: Este artigo serve apenas para fins informativos e não se destina a fornecer assistência médica. Este artigo possui autorização expressa do autor.

Sobre o autor

Eder Lima

Preparador Físico Particular e Consultor Técnico de Atletas de Alto Rendimento em Diversas Modalidades Esportivas; Consultor para montagem, organização e normatização técnico administrativa para academias; Consultor em Coaching Corporativo; Ex-docente em cursos de graduação, extensão e pós-graduação nas cadeiras de: Biomecânica, Cinesiologia, Musculação e Neurofisiologia. Pós-graduado em PREPARAÇÃO FÍSICA e MUSCULAÇÃO, UGF. 1994 portador do CREF. G/MG 01232.

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.


*