A memória muscular!

a memória muscular

O músculo tem memória sim! Veja o que é e como funciona a memória muscular.

Amigos, quem aqui não sabe o quão árduo é o processo de ganho de massa muscular? Este requer treino intenso dentro de uma perfeita regularidade, uma enorme disciplina dietética e claro todo descanso possível para que o processo aconteça de forma ótima. Mas a vida é uma caixinha de surpresas! E de repente, você foi obrigado a interromper seus treinos e com isso naturalmente você entra num processo de perda de massa muscular por ATROFIA dos músculos que tanto sofreu para desenvolver! MUITA CRUELDADE, NÃO É? ENTRETANTO, GRAÇAS A MEMÓRIA MUSCULAR, NEM TUDO ESTÁ PERDIDO!

Hipertrofia x Atrofia

Um dado que não custa lembrar é que hipertrofia muscular significa basicamente sintetizar (construir) as proteínas contráteis (actina e miosina) dentro das células musculares (os miócitos). Este processo de síntese proteica é comandado pelo núcleo dos miócitos e o treinamento intenso e contínuo estimula a formação de novos núcleos e quanto mais núcleos um miócito tiver maior a capacidade deste em sintetizar as proteínas contráteis e por consequência aumentando o volume do músculo. GUARDEM ESSA INFORMAÇÃO!

Banner Oficial Farma

Banner Oficial Farma

Nosso corpo tende a trabalhar sempre em ritmo de economia e manter uma grande massa muscular requer um dispêndio enorme de energia, assim quando interrompemos o treinamento por um longo período o processo de atrofia se inicia naturalmente. Tal atrofia pode ser ainda mais acelerada em casos de imobilização por algum tipo de trauma.

A memória muscular

Durante muito tempo acreditou-se que a atrofia muscular por desuso era causada pela perda (morte) das células musculares (miócitos) que não eram “necessárias”. A boa notícia é que os estudos mostram que não há morte de miócitos e sim APENAS uma redução da quantidade das proteínas contráteis! Ok Prof. Eder e onde é a boa notícia nisso?! A boa notícia é que OS NÚCLEOS agregados pelo estímulo do treinamento PERMANECEM INTACTOS dentro dos músculos mesmo atrofiados! Essa preservação dos núcleos dentro dos miócitos é que facilitam E MUITO o retorno ao volume muscular que se tinha anteriormente, e aí que entra o termo “memória muscular”. POR QUE? Vocês guardaram a informação ali de cima que eu disse para guardar? Ao se retomar o treinamento, o longo e doloroso processo de formação de núcleos não é necessário. Dessa forma, temos a sensação de que os músculos “se lembram” de como eram antes da interrupção dos treinos e voltam ao seu tamanho anterior mais rapidamente por termos mais núcleos para sintetizar novamente as proteínas contráteis perdidas!

RESUMO DA ÓPERA:

A recuperação do volume muscular é mais rápida nas pessoas treinadas, mas só até o volume que se tinha anteriormente. Uma vez atingido esse volume o processo de hipertrofia volta ao ritmo normal de cada um!

Bons treinos e até a próxima!

ATENÇÃO: Este artigo serve apenas para fins informativos e não se destina a fornecer assistência médica. Este artigo possui autorização expressa do autor.

Sobre o autor

Eder Lima

Preparador Físico Particular e Consultor Técnico de Atletas de Alto Rendimento em Diversas Modalidades Esportivas; Consultor para montagem, organização e normatização técnico administrativa para academias; Consultor em Coaching Corporativo; Ex-docente em cursos de graduação, extensão e pós-graduação nas cadeiras de: Biomecânica, Cinesiologia, Musculação e Neurofisiologia. Pós-graduado em PREPARAÇÃO FÍSICA e MUSCULAÇÃO, UGF. 1994 portador do CREF. G/MG 01232.

Seja o primeiro a comentar

Comentários:

lipo 6 black banner suplementos mais baratos